25.9.08


àdois | brunodumont

quando todo mundo acha q eu sou só, eu tenho ela. e ela me tem.
a gente planeja todas as coisas juntos.
a partida, o refrão
a patrulha, a sessão
todo o futuro de toda gente daqui.
a gente fere e atordoa
renova
desmistifica a vastidão desse chão revirado
dá vida e mundos novos
sepulta e benvinda
a gente dói junto e chora
todas as dúvidas e confusões
o meu nome eu entrego pra ela
casa que eu escolhi
assim, de vontade própria
lugar pra onde eu sempre volto tarde
mas que me acolhe da mesma maneira
como se eu nunca tivesse sido de outro mundo.

"que vc consiga ficar bem só e pensar."


leia ouvindo: ♫  Belchior - Passeio.

Um comentário:

Nobody Go. disse...

Bela letra!

e tira essa viadage de verificação de palavras, fazendo o favor
ahhaahahah