3.10.08

há tempos que eu digo que sou voyeur. Mas não um voyeur comum. Sou um voyeur dos pequenos detalhes.
das mínimas percepções, dos toques sutis que fazem meus olhos lacrimejarem, um sorriso satisfeito brotar no rosto.
sou aficcionado por cada estrela dessas que brilham dentro dos oceanos. essas outras que lhe percorrem todo o corpo, como que feitas pra hipnotizar cada célula desse sistema que eu sou. esse sistema burro, que insiste em insistir no que menos lhe parece promissor, concreto.
há tempos tbm que eu sei que meu peito (de sal de fruta, fervendo num copo d'água e tudo o mais) é tão retardado quanto a minha razão sem lógica. razão essa que eu ja perco, fazendo flutuar no céu de algodão doce.
agora é levar o corpo, a mente, e os cacos do jeito que vão... que eles se juntam e rejuntam em várias formas e polígonos!

2 comentários:

l u a . disse...

eu te desejo as estrêlas, tôdas.


- e desejo a sua felicidade, sem doer.

Ygor P. disse...

você é danado.