7.6.10

o mistério.

escondo um movimento
pra imediatamente tornar translúcido
o desejo de exercer direito
transfigurar em sonho o que não deveria crer

você é o mistério que invariavelmente
eu poderia desvendar
tomar sua essência quente
te ver chegando perto
eu já não posso suportar

a minha língua a percorrer seus erros
o colorido da sua certeza
a faca cega do meu otimismo
minha memória decorou o charme





















Nenhum comentário: